sábado, 31 de dezembro de 2016

Refugiados islâmicos e o enriquecimento cultural na Alemanha


Atendendo ao pedido do professor Olavo de Carvalho, traduzimos na íntegra o vídeo de Paul Joseph Watson sobre o incrível "enriquecimento cultural" da Alemanha, adquirido através do acolhimento de milhões de "refugiados" autorizados a entrar no país por políticas "bondosas" de Angela Merkel.

Tradutores de Direita.

Publicado originalmente em 11/12/16
A imagem pode conter: 2 pessoas, meme e texto

Guerra Cibernética, o Brasil está preparado?

Gordo petista do "Não vai ter golpe"

Pare de choramingar: 2016 foi um ano excelente

2016 foi um ano cheio de acontecimentos marcantes. Apesar de duras derrotas, poucos anos foram tão comemoráveis. Por que a choradeira?

A mídia brasileira sendo desmoralizado pelo efeito DONALD TRUMP 1 TRILHÃ...


kkkkkkkkkkKKKKKKKKKKKKKKKKKK - Alma lavada! 
ARTIGOS
blog

2016: O ANO DO DESPERTAR DOS “OTÁRIOS”


Último dia de 2016, um ano que muitos querem ver para trás, de preferência esquecido. A maioria formada por gente de esquerda. É claro que a aguda crise econômica brasileira, com seus 12 milhões de desempregados nas costas, impede uma comemoração muito grande deste ano que se encerra. Fruto das incríveis trapalhadas ideológicas, da incompetência…

Ano novo com emprego garantido


O ano de 2016 chega ao fim com 12,1 milhões de brasileiros desempregados.
Mas estes aqui embaixo, não. Estão todos devidamente lotados na liderança da minoria no Senado, atualmente chefiada por Lindbergh Farias -- os seus salários não são menores do que R$ 13 mil.
- Gilberto Carvalho, ex-ministro de Janete e ex-chefe de gabinete de Lula.
- Roberto Stuckert, ex-fotógrafo de Janete.
- Samuel Pinheiro Guimarães, ex-secretário-geral do Itamaraty na era Lula.
- Daisy Barretta, ex-responsável pela agenda de Janete.
São apenas alguns exemplos de gente que seguirá bem empregada em 2017.
Foco comunista institucional

Por Armando Soares

                
             Sergio Renato de Mello, defensor público, produziu um excelente artigo, em 26 de dezembro de 2016, intitulado “Pequena contribuição jurídica para o Congresso Brasil Paralelo”, publicado por Rodrigo Constantino, que merece respeito pelo seu conteúdo corajoso que mostra como os constituintes produziram uma constituição marxista brasileira. Vou me apoiar nesse documento da verdade para a produção do presente artigo.

                Para criar uma nação torna-se necessário a criação de regras que contém instituições com competência de governar escrito através de um documento, um poder denominado constituinte que persegue uma ordem jurídica, ou seja, leis para ser obedecido, documento que se dá o nome de constituição. É a constituição que vai determinar o limite de intervenção do Estado na sua relação com os indivíduos, com os brasileiros.

                A constituição de 10 de outubro de 1988, a qual se afirma ter sido supostamente promulgada pela vontade popular, na realidade foi promulgada pela vontade de políticos corruptos caçados, políticos demagogos, políticos profissionais viciados, socialistas, comunistas, ambientalistas representantes do Establishiment anglo-americano e de países a eles ligados, sindicalistas fascistas e comunistas, intelectuais comunistas e socialistas, facções comunista da igreja católica, entre outros simpatizantes do comunismo, como se tem prova no livro da jornalista canadense Elaine Dewar, Uma Demão de Verde, e do livro de Lorenzo Carrasco e Silvia Palacios, Quem Manipula os Povos Indígenas contra o Desenvolvimento do Brasil, e muitos outros trabalhos realizados por uma plêiade de estudiosos do Brasil, da Amazônia, do indigenismo e do meio ambiente. Se a constituição foi bastante detalhada e só reformulada por procedimentos especiais tinha por objetivo manter defesa a sua característica social e dirigente para facilitar a transformação do Estado um ente comunista.
Resultado de imagem para acorrentado pelo comunismo
                Os comunistas e socialistas vêm tentando comunizar o Brasil desde o inicio de seu processo civilizador, como pode ser se constatado no rompimento progressivo de nossos costumes e tradições judaico-cristãs enraizado nas famílias, e no estímulo estúpido da luta de classes alimentado pela mídia e ideólogos doentes mentais.

                Quem se dispuser a ler e interpretar a constituição de 88 vai encontrar nas entrelinhas com destaque o termo bem-estar e uma preocupação dos constituintes com os pobres e minorias desprotegidas. Extrai-se da leitura e interpretação da constituição a cantilena comunista de que para gerar justiça social e bem-estar aos pobres e minorias desprotegidas, a riqueza produzida no país tem de ser equanimemente distribuída.

                No ambiente da constituinte prevaleceu os ideais comunistas e a vingança aos militares que gerou como produto dar destaque ao bem-estar social acima do alicerce para a ordem econômica, ou seja, o bem-estar como instrumento do comunismo se sobrepõe a livre iniciativa, o que na prática funciona como obstáculo para desacelerar o motor da economia.

                O momento brasileiro estampa com clareza que o marxismo institucional é o responsável pelo fechamento de várias empresas que não suportam a carga tributária, um verdadeiro confisco que atinge mortalmente pessoas físicas e jurídicas, confisco que é enriquecido pela nocividade das leis trabalhistas e previdenciárias, cenário que leva os agentes econômicos a cometer fraudes fiscais, com perda do investimento, contribuindo ainda mais para aumentar a taxa do desemprego, desgraça programada por bandidos ideologizados que vem sustentando advogados inescrupulosos mancomunados com trabalhadores desonestos.

                A constituição marxista brasileira usa o poder para centralizar suas ações deixando pouca coisa aos Estados e quase nada para os municípios, uma forma perversa e idiota de administrar os interesses da república que está levando estes entes republicanos à penúria impossibilitando que eles se desenvolvam restringindo ainda mais a possibilidade de arrecadação de impostos, o que agrava mais a crise financeira, o que a isso se soma a incompetência dos governantes e a corrupção, ambiente ideal para gerar o caos político que favorece a estratégia comunista.

                Um novo Brasil só pode nascer com apoio de um povo bem informado da realidade em que vive, não há outra maneira de se livrar da contaminação marxista cultural e econômica que remeteu para o Estado a solução de todos os problemas individuais. Adotando uma conduta empreendedora, priorizando a livre iniciativa o país terá condições de se desenvolver, gerar empregos, arrecadar Impostos na proporção do crescimento econômico dentro de uma economia de mercado liberal capitalista, que é a única possibilidade de garantir o bem-estar a todas as camadas sociais, lembrando, entretanto, que tudo isso só será possível, factível se houver uma nova constituição liberal.

                Enquanto o brasileiro trabalha arduamente para garantir seu sustento e de sua família, as mentes de seus filhos são envenenadas nas escolas e nas universidades por professores comunistas, ambientalistas-indigenistas, estabelecendo sério conflito no seio das famílias brasileiras dificultando o desenvolvimento econômico. Ciclo vicioso que precisa ser interrompido para cuspir fora a interferência comunista na formação de novas gerações com capacidade de dinamizar a economia.

Resultado de imagem para ayn rand

                O momento brasileiro cabe buscar o pensamento de Ayn Rand: “Não é da natureza do Homem – nem de nenhuma entidade viva – começar já desistindo, cuspindo na própria cara e amaldiçoando a existência, isso requer um processo de corrupção cuja rapidez varia de homem para homem. Alguns desistem ao primeiro toque de pressão, se vendem, outros mais definham através de graus imperceptíveis e perdem sua chama, jamais sabendo quando e como a perderam. E então todos eles desaparecem no vasto pântano dos mais velhos, que lhes dizem persistentemente que a maturidade consiste em abandonar a própria mente, a segurança, em abandonar os próprios valores; a praticidade, em perder a autoestima. No entanto, alguns poucos resistem e seguem adiante, sabendo que a sua chama não deve ser traída, aprendendo a dar-lhe forma, propósito ou realidade. Mas qualquer que seja seu futuro, no nascer de suas vidas, as pessoas buscam uma visão nobre da natureza do Homem e do potencial da existência. Não importa que apenas que alguns em cada geração entendam e alcancem a realidade total da estatura apropriada do Homem – e que o resto a traia. São esses poucos que movem o mundo e dão a vida seu significado – e é a esses poucos que eu sempre procuro me dirigir. O restante não me diz respeito, não é a mim que eles traem é as suas próprias almas”. (Ayn Rand – Nova York, maio de 1968)

                Que as palavras sábias dessa grande mulher consiga despertar “esses poucos” que podem mover o Brasil para o melhor caminho empunhando a bandeira da liberdade de braços com a livre iniciativa e o empreendedorismo.

Armando Soares – economista


               
 Soares é articulista de Libertatum

Resultado de imagem para armando soares

                


No entanto, "colocar um dos nossos em Brasília" não irá resolver a situação
Foto do perfil de Glauco Vieira Jr., A imagem pode conter: 2 pessoas, noite

Livre mercado, já!

A imagem pode conter: 1 pessoa, meme e texto

Glauco Vieira 
no facebook

Lava Jato já gerou 120 condenações e mais de 1.200 anos de pena

Em 2016, também ocorreu a terceira restituição de recursos aos cofres da Petrobras, por meio de acordos de delação premiada e de leniência

O ano de 2016 foi o mais produtivo da Lava Jato, operação que apura o esquema de desvio de recursos públicos da Petrobras e outros órgãos da administração federal. A avaliação é do Ministério Público Federal do Paraná (MPF-PR), responsável pela condução da força tarefa desde 2014.

Em balanço divulgado na quinta-feira (29/12), a procuradoria paranaense relata que em 2016 foram deflagradas 17 operações e oferecidas 20 denúncias contra acusados pelos crimes de corrupção ativa e passiva, lavagem de dinheiros e organização criminosa. O número supera as ações realizadas nos dois anos anteriores.

Em 2016, também ocorreu a terceira restituição de recursos aos cofres da Petrobras, por meio de acordos de delação premiada e de leniência. Em novembro, a empresa recebeu de volta mais de R$ 204 milhões, o maior valor já devolvido pela justiça criminal brasileira a uma vítima. Desde o início da operação, aproximadamente R$ 500 milhões foram devolvidos à Petrobras.

Segundo a nota, de 2014 até o momento foram cumpridos 103 mandados de prisão temporária, 79 de prisões preventivas, 730 de busca e apreensão, 197 de condução coercitiva e seis prisões em flagrante. A prisão do ex-governador do Rio, Sérgio Cabral, em novembro, foi uma das ações desenvolvidas este ano pelo MPF-PR em parceria com a procuradoria.

A investigação da procuradoria paranaense aponta que o valor das propinas pagas no esquema superam R$ 6,4 bilhões e o total de prejuízos pode ultrapassar R$ 40 bilhões. A revelação dos crimes já resultou em 120 condenações e mais de 1.200 anos de pena.

Medidas anticorrupção

O balanço do MPF-PR também faz menção ao projeto de iniciativa popular conhecido como pacote anticorrupção, que, segundo a nota, foi desfigurado pela Câmara dos Deputados para inibir a atuação dos procuradores. Para a procuradoria, as alterações feitas foram “claramente retaliatórias”.

O Ministério Público Federal do Paraná também critica a lei de abuso de autoridade e outras iniciativas apresentadas no Congresso, como as propostas de alteração na Lei de Repatriação de Recursos e na lei que trata dos acordos de leniência. As mudanças propostas pelos parlamentares teriam o intuito de abrir a possibilidade de impunidade e anistia para crimes graves de corrupção e lavagem de dinheiro.

Os procuradores responsáveis pela força-tarefa afirmam ainda que é a sociedade que protegerá a Operação Lava Jato das investidas do Legislativo e alertam para o impacto econômico da corrupção. “Apenas a sociedade poderá levar o país na direção certa, com reformas políticas e do sistema de justiça que previnam novos escândalos de corrupção e nos coloquem nos trilhos do desenvolvimento econômico e social”, diz Deltan Dallagnol, coordenador da força-tarefa.

“Estudos mundiais revelam que, se queremos uma economia forte, precisamos passar pela diminuição dos índices de corrupção. Dizer que o combate à corrupção prejudica a economia não só ignora as reais causas da crise como também que o caminho para o desenvolvimento econômico e social passa pelo enfrentamento desse mal”, disse o procurador Orlando Martello.

Fonte: Amigos da Direita

O Poder do Mercado - Preços

"Moralistas"


Os petistas atacam os defensores da Lava Jato -- ou seja, o com um adjetivo curioso: "moralistas".

Para o PT, ter moral é defeito.

É um clássico da esquerda.
Restaurante adota práticas marxistas em suas relações de trabalho - vai à falência e gera desemprego
Mais um caso em que um devaneio utópico é sobrepujado pelo mundo real



economia /Restaurante adota práticas marxistas em suas relações de trabalho - vai à falência e gera desemprego
Imagem relacionada







Foto do perfil de Leticia Catel, A imagem pode conter: 1 pessoa, close-up
Previdência social sequer deveria existir, é uma contribuição obrigatória que arranca até 11% do seu salário obrigatoriamente, impõem mil exigências para que você se aposentar e ainda existe um teto independente do quanto contribuiu.
Todos conhecemos pessoas que contribuíram para o INSS, mas não conseguiram cumprir com todas as exigências e o dinheiro que foi confiscado do seu salário anos a fio foi literalmente para o ralo (para o governo).
A previdência tem rombo porque o dinheiro não está sendo utilizado apenas para pagar aposentadorias. Desvios, fraudes, corrupção fazem parte do rombo. Isso é governo, pouca transparência, ineficiência, contabilidade criativa e você sendo sempre feito de trouxa.
Não adianta, onde existir Estado existirá corrupção. Sou a favor até da extinção da previdência social, você deveria ter o direito de escolher onde investir a porcentagem que hoje é confiscada do seu salário você querendo ou não.
Abrir para a iniciativa privada participar oferecendo seus planos de previdência privada seria muito mais interessante e justo para com o trabalhador que poderia inclusive escolher com quantos anos gostaria de se aposentar.

CurtirMostrar mais reações
Comentar

Leticia Catel 

no facebook 

DOIDEIRA! Senador do PT Lindbergh Farias e LULA DELIRAM em Discurso SURR...


Denúncia de Bia Kicis sobre ideologia de gênero no gibi de Maurício de Souza. 

Resultado de imagem para klauber pires

Em 2017, vou parar de me preocupar com a islamização da Europa. Vou me preocupar é com a do Brasil...

Klauber Pires
no facebook
Que traulitada, hein Miguel Nagib. A extrema-esquerda deve estar zonza...
Miguel Nagib, organizador do movimento Escola sem Partido, escreveu uma mensagem de fim de ano aqueles seres que representam uma das posições…
CETICISMOPOLITICO.COM

O que a esquerda procura


A Folha entrevistou um professor da FGV carioca chamado Jorge Chaloub.
Assim como a Folha, ele está preocupado com o crescimento da direita no Brasil.
Leiam uma das suas respostas:
Folha: Que consequências podemos observar com essa reorganização ideológica?
Jorge ChaloubO cenário político atual testemunha a crise de uma esquerda influente desde a redemocratização, que se vê abalada após o golpe parlamentar sofrido por Dilma Rousseff. A nova direita contribuiu para a ruptura institucional, ao mesmo tempo que tem protagonismo na construção de um clima contrário às esquerdas. A esquerda procura caminhos, entre os quais movimentos de secundaristas merecem destaque.
A esquerda no Brasil só procura fugir da polícia.

Obama a Decepção, Obama a fraude - legendado português


Lembrar faz parte da agenda de luta. Com Alex Jones. 
ARTIGOS

blog

POR QUE 2016 FOI UM ANO DEFINITIVO?


Por Lucas Berlanza, publicado pelo Instituto Liberal O ano de 2016 foi tão intenso que 2015 parece ter sido em outra era, e aparenta ser bem menor em estatura e relevância. Assumindo esse “arrependimento”, ainda assim, corro o risco de dar a 2016 outro qualificativo superlativo, um tanto clichê, mas que creio verdadeiro: o de “ano…
Resultado de imagem para gif feliz 2017

Filhos de Cristina têm bens bloqueados


Um juiz argentino, noticia O Globo, embargou os bens de Florença e Máximo Kirchner, filhos de Cristina Kirchner, incluindo 16 imóveis, um carro avaliado em 153 mil dólares e participações societárias em três empresas: Hotesur, Los Sauces SA e CoMa SA.
"A medida foi tomada como precaução, por supostas manobras de lavagem de dinheiro."
(Recordar faz parte da agenda de luta)


Trump lacra após morte do ditador Fidel: cita pelotões de fuzilamento, roubo, sofrimento e pobreza

Imagem relacionada

“O legado de Fidel Castro é de pelotões de fuzilamento, roubo, sofrimento inimaginável, pobreza e negação de direitos humanos fundamentais.”
Ele seguiu: “Enquanto Cuba continua sendo uma ilha totalitária, é minha esperança que hoje marque um afastamento dos horrores suportados por muito tempo, para um futuro em que o maravilhoso povo cubano possa finalmente viver em liberdade.”
“Embora as tragédias, mortes e dores provocadas por Fidel Castro não possam ser apagadas, nossa administração fará tudo o que puder para garantir que o povo cubano possa finalmente iniciar sua jornada em direção à prosperidade e à liberdade”, concluiu.


Resultado de imagem para obama's hero has died

Imagens Internet
Edição Libertatum

sexta-feira, 30 de dezembro de 2016

Guerra Cibernética, o novo campo de batalha no século 21

ARTIGOS

blog

VOCÊ NÃO VAI ACREDITAR NO ABSURDO QUE ESSAS MILITANTES FEMINISTAS DISSERAM


Por Thiago Kistenmacher, publicado pelo Instituto Liberal No início não acreditei. “Só pode ser brincadeira”, pensei. Mas infelizmente parece que a coisa é séria: algumas feministas suecas chegaram ao ponto de dizer que prefeririam o estupro a serem salvas por um homem! Isso porque consideram a intervenção masculina como machismo, já que elas alegam que…

Obama arma BOMBA RELÓGIO para Trump - Crise diplomática com a Rússia

O corpo do embaixador


Agentes da Polícia confirmaram, segundo O Globo, que o corpo carbonizado encontrado ontem na Baixada Fluminense é mesmo do embaixador grego Kyriakos Amiridis.

Netanyahu responde ao Kerry

A imagem pode conter: texto

Carreira

Resultado de imagem para charge sobre impostos

Sacar FGTS: Você é apenas meio incapaz

Imagem Comentada


O LANCHINHO DE TEMER, O CARRAPATO E A BOIADA

Pedro Henrique Mancini de Azevedo

"
Ninguém gasta o dinheiro dos outros com o mesmo cuidado com que gasta o próprio." (Milton Friedman)

O último alvoroço causado nas redes sociais mais uma vez causou um embaraço para o presidente Michel Temer. Desta vez, o motivo foi a compra de alimentos de alto padrão para abastecer o avião utilizado pelo presidente, que somavam gastos superiores a R$1,7 milhões. Após repercussão negativa, o governo cancelou a licitação que ocorreria no dia 2 de janeiro do próximo ano.

É muito bom ver que a internet está mudando a política brasileira e mundial. Estamos vivendo uma verdadeira revolução da informação. Os nossos políticos estão acuados, pois finalmente a população está fazendo aquilo que sempre deveria fazer – vigiá-los de perto. Para se ter uma ideia do lanchinho de Temer, a licitação previa que um sanduíche de mortadela custasse R$16,45 a unidade. Um verdadeiro impropério. Mais absurdo ainda é saber que em 2006, o ex presidente Lula gastava neste mesmo lanchinho R$3,6 milhões - mais que o dobro de Temer.

Apesar de comemorar o fato de estarmos mais atentos a vida de marajás que a classe política vive, tenho a obrigação de colocar alguns pontos. Toda redução de gastos supérfluos como esses devem ser cobrados, criticados e divulgados assim como aconteceu nesse episódio, e não só quando estamos em momentos de crise. Mas sinto dizer que o corte desses gastos são mais simbólicos do que qualquer outra coisa.

É fato que quando o governo pede para cortar gastos ele também deve fazer um esforço para cortar da própria carne. Entretanto, o triste dessa situação é que isso não nem perto de resolver a nossa crise. Como uma imagem vale mais do que mil palavras, o gráfico demonstra como está distribuído o orçamento da União de 2015, elaborado pela ONG Auditoria Cidadã.
Longe de mim de compactuar com as ideias da ONG citada acima, pois a mesma elabora esse estudo com o intuito de incentivar o governo a promover um calote da dívida. Esse não é meu intuito. O que quero demonstrar é que existem dois grandes problemas no orçamento que saltam aos olhos de qualquer um – Juros e Dívida Pública; e Previdência.

Antes de falar sobre os juros é importante saber como o governo chegou a essa situação. Basicamente, existem 3 formas que o governo pode sanar suas contas. A primeira é aumentando impostos, e isso vem ocorrendo de forma sistemática desde o início do Plano Real. O Brasil saiu de uma carga tributária de 27% em 1995 para perto dos 36% em 2016. A segunda é a inflação. O governo gasta mais do que arrecada, e com isso emite moeda no mercado cobrando uma "taxa" por essa emissão. Essa taxa se chama inflação. E a terceira é emitindo títulos públicos. Esta última é onde entram os chamados juros sobre juros que destroem as nossas contas.

Com a implementação do sistema de metas de inflação, o governo se viu com uma certa impossibilidade de emitir moeda. Isso fez com que o perfil da dívida brasileira mudasse. Hoje, o governo ao invés de hiperinflacionar o mercado, emite títulos e os recompra com a promessa de que irá pagá-los algum dia. O problema é que como não paga nunca, surgem os chamados juros sobre juros. É o equivalente a um jogador viciado que continua apostando mais dinheiro mesmo quando está perdendo. O credor fica cada vez mais desconfiado e aumenta os juros progressivamente, fazendo com que o devedor fique ainda mais encalacrado. Por isso, é errado atribuir aos bancos os juros exorbitantes cobrados no Brasil. Os juros são altos porque os credores têm medo de calote, e como o governo brasileiro tem histórico de ser gastador e caloteiro...

Alguns devem estar se perguntando com que o governo gasta tanto. Seriam com os lanchinhos? Sim, ele gasta muito com isso como vimos anteriormente. Porém, como também já vimos no gráfico, o governo gasta muito com a Previdência (21,76%) - daí a necessidade de reforma, pois esses quase 22% são absurdos, já que temos apenas 8% da população acima de 65 anos. Já a outra grande fatia, chamada de Juros e Amortizações da Dívida não consegue ser paga porque o governo gasta muito com pessoal - que constitui cerca de 40% dos gastos do governo central. Contando com mais outros gastos semelhantes, estima-se que apenas 10% dos gastos do governo sejam discricionários (livres). É um entrave legal que engessa a capacidade do governo em cortar gastos, já que 90% dos gastos estão atrelados a Constituição e a leis específicas. É assustador saber que só se pode mexer em 10% dos gastos!

Sendo assim, reforço que devemos continuar divulgando as mordomias que os nossos governantes usufruem com o nosso dinheiro. Mas também é preciso dizer que hoje isso é um carrapato em meio a boiada. Não achem que os cortes não devem ser feitos por causa dessas mordomias; eles devem ser feitos apesar dessas mordomias. Está mais do que claro que o orçamento do governo não comporta o tamanho do Estado. Mas e a corrupção, pergunta o mais cético? Ora, vale o mesmo raciocínio. Muito do que já foi roubado não poderá ser resgatado; é custo afundado. E aí, por causa disso não faremos cortes e continuaremos na mesma? Então fechem as portas do país. Temos que apoiar as operações que estão em curso para que eles recuperem o que for possível e façam com que os criminosos sejam punidos. Torço para que todos eles fiquem sem um centavo. Mas também torço para que as pessoas entendam de uma vez que o país quebrou devido a uma ideia de Estado gigante que não deu certo. Vamos combater a corrupção, as regalias e também os gastos exorbitantes. Esse é o meu desejo para 2017. Feliz ano novo a todos!

PS.: É muita contradição de quem critica o lanchinho do Temer criticar a PEC do Teto de Gastos. A PEC existe para limitar esses gastos também, ora bolas! É a mesma contradição de quem critica a classe política e pede cada vez mais Estado. Precisamos começar a raciocinar.

Fonte: Blog do Puggina

A verdadeira luta contra a corrupção só pode existir quando envolver luta pela privatização de estatais desnecessárias

A verdadeira luta contra a corrupção só pode existir quando envolver luta pela privatização de estatais desnecessárias
Em uma empresa privada é regra que bons funcionários sejam mantidos e até mesmo promovidos, enquanto maus funcionários são normalmente despedidos ou ficam lá apenas cumprindo tarefas menos remuneradas e de menor confiança. Também é regra, dentro de empresas privadas, que um funcionário pego roubando ou mesmo planejando roubar seja severamente punido com uma demissão por justa causa ou até mesmo com um processo.
Nos EUA, por exemplo, a legislação é bem menos permissiva do que aqui no Brasil. Lá, se uma empresa processar um funcionário por fraude ou coisa do tipo ele pode realmente ser punido, chegando a pagar multa e ficar até preso dependendo da gravidade do crime. O que transforma as estatais como a Petrobrás nesse propinoduto que temos visto é justamente a facilidade de acesso a enormes quantias de dinheiro somada a uma certeza de impunidade.
Muitas pessoas, por pura inocência ou até falta de compreensão da realidade acham que se elegermos um político honesto estes problemas vão acabar, mas eles não vão. Não importa que tenhamos um ou dois presidentes honestos, não importa que tenhamos apenas deputados e senadores de ficha limpa. Isso tudo é apenas tapar o sol com a peneira. A extrema-esquerda usa a corrupção como um meio para um fim, e é questão de tempo até que ela volte ao poder e passe a usufruir das benesses provenientes dessas estatais.
Para saber que isso não funciona, basta analisarmos o que foi a Ditadura Militar no Brasil. Foi um regime de 21 anos em que vários dos presidentes saíram do poder pobres, sem nenhum tipo de acúmulo de riquezas, tudo indicando que fossem honestos – ao menos no sentido de que não roubavam dinheiro público. No entanto eles criaram o BNDES, criaram leis que permitiam a desapropriação de terras, geraram a filiação sindical obrigatória, etc. Tão logo a extrema-esquerda voltou ao poder, ela passou a se aproveitar de tudo isso em seu favor. A propósito, algumas coisas criadas pelos militares já eram usadas por esquerdistas naquela mesma época, como era o caso da sindicalização obrigatória.
A verdadeira luta contra a corrupção deve passar por uma luta pela desestatização de empresas, especialmente de empresas que trabalhem com grandes montantes de dinheiro. Se queremos realmente derrotar a extrema-esquerda, se queremos realmente tirar dela não apenas o poder, mas também as possibilidades de usar o poder em favor de sua agenda, o melhor caminho é a privatização.
Resultado de imagem para obama liar
A imagem pode conter: 1 pessoa, óculos e texto

PF: EMPRESA DE LULINHA RECEBEU 103 MILHÕES DE REAIS. NO MÍNIMO


Um laudo da PF, ao qual a Folha de S. Paulo teve acesso, mostra que a Gamecorp, de Lulinha, recebeu 103 milhões de reais de seus financiadores.
"Companhias como a Oi Móvel e a Telemar Internet, ligadas à empresa de telefonia, colocaram um total de R$ 82 milhões na empresa, em valores não corrigidos."
Repetindo: 103 milhões de reais. No mínimo.
O governo é mesmo capaz de promover o bem estar e a justiça social?

O governo é mesmo capaz de promover o bem estar e a justiça social?

Será mesmo que é o governo que promove o bem estar e a justiça social? Para que se possa dar algo a quem não tem, esse algo precisa ser criado. O governo não cria nada, apenas explora quem cria e, como pilhadores, ficam com a maior parte do... Ler 
Eric Balbinus - O Reacionário

Haddad, o recolhido


Em entrevista a O Globo, Fernando Haddad disse que a sua "tarefa de curto prazo será o recolhimento".

Foi o que Fernando Haddad fez nos quatro anos como prefeito de São Paulo.