segunda-feira, 26 de setembro de 2016

Reunião de Pauta: A endoscopia de Palocci

Os três antagonistas analisam a prisão de Antonio Palocci, na 35a fase da Operação Lava Jato. O cerco se fecha em torno de Lula, o capo da máfia petista.

É dia de dançar a tarantella!

PALOCCI ATRÁS DAS GRADES. FALTAM DILMA E LULA

LAUDO IDENTIFICA COMPRA DE IMÓVEL PARA INSTITUTO LULA


laudo da Polícia Federal, anexado aos autos da Operação Omertà, confirmou a hipótese de que o imóvel da rua Dr. Haberbeck Bradão, 178, foi "adquirido para funcionar como nova sede do Instituto Lula"...
ver mais

OMERTÀ AO VIVO

Os políticos.
Por Ivan Lima

“A história da humanidade é a história das idéias”.
Ludwig von Mises

Resultado de imagem para politicos romanos

Alguém, certamente ligado de alguma maneira á política, me indaga se acredito mesmo no desaparecimento dos políticos. É conhecida a citação de Aristóteles sobre a condição humana e a política. Mas o grande grego, apesar da sua genialidade em sistematizar cientificamente o conhecimento contribuindo fundamentalmente para a fundação da civilização ocidental, apenas intuiu, ligeiramente, como outros pensadores gregos, da importância teórica de elementos que só mais tarde vieram se provar efetivamente superiores em importância na vida humana á política. Foi o caso, por exemplo, que se deu com a economia.

Evolucionária e lentamente isso se deu no tempo e no processo mental dos estudiosos. Podemos observar que desde mais ou menos 1.300, os cidadãos ingleses já vinham naturalmente vivenciando um processo que muito mais tarde ficou conhecido como liberalismo. Até que em determinado período, o grande escocês Adam Smith e sua obra – marco “A Riqueza das Nações”, foi lançada em solos férteis pelo mundo. Já mais para cá no tempo, se deu como que para complementar um período áureo na evolução sobre o pensamento econômico, o aparecimento do que se denominou chamar de “Escola Austríaca de Economia”. Seus componentes, como se sabe, trouxeram com seus estudos e descobertas luzes importantíssimas á contribuição para a compreensão sobre o fundamental papel da economia na vida humana. De Smith á Ludwig Von Mises, temos uma plêiade de indivíduos que afinal e verdadeiramente apreenderam os elementos mentais que faltaram aos filósofos e pensadores da Grécia Clássica.

Infelizmente, muito embora a refutação de importantes elementos teóricos socialistas como teoria marxista do valor trabalho – não resolvida pelos clássicos e roubada de Ricardo por Marx, - ou a refutação da teoria da exploração e outros tenha se efetivado pela “Escola Austríaca de Economia”, a ideologia socialista com seu forte e enganoso apelo emocional já era triunfante no mundo, com ela inaugurando a era da superlativação dos políticos. Mas a luta pela liberdade não foi abandonada. Esse escrito é um exemplo.       

Esse introito tem o propósito de ilustrar e lembrar que há poucos dias escrevi aqui sobre a era liberal e os políticos, e, agora, em razão da pergunta a que fiz referência acima, discorro.

Na era liberal os políticos viviam na importância do seu quadradinho, legislar e fiscalizar, num ambiente de quase ausência de governo – que cuidava basicamente da segurança do cidadão através do cumprimento do império da lei e administração da justiça. Com isso, as sociedades que adotaram a filosofia liberal deram um salto gigantesco em liberdade e prosperidade, impulsionando por conseqüência o homem a uma qualidade de vida nunca dantes experimentada.

Com o advento da era do socialismo, - de conflitos permanentes, luta de classes, legislação trabalhista, teoria da exploração, revolução social, etc, os políticos passaram a ter uma importância superlativa na vida dos indivíduos e sociedade. E o cerne para toda essa importância e poder dos políticos de hoje em todo o mundo, renasceu de uma única fonte: o  poder legislativo sobre a propriedade e a concomitante criação e lançamento de impostos sobre ela. Daí, como uma pedra jogada num lago plácido, todo o espontâneo arranjo de cooperação social na era liberal se deformou, foi violentamente agitado, subvertido, corrompido pela política dos estados intervencionistas na economia, comandada pelos políticos. Marxistas ou não.

A ética que era o padrão que podia ser simbolizado num fio de bigode passou a sofrer as conseqüências degradantes dessa agressão do coletivismo, dessa violação sobre a propriedade e a vida do cidadão, sobre os programas educacionais, a cultura da honra, da boa arte, da boa arquitetura, enfim, a conservação e criação do belo e do bem.

Como uma das conseqüências dessa nefasta subversão, o padrão ouro, fruto da era liberal e sua esplêndida estabilidade e prosperidade econômica em todo o mundo começou por ser abandonado, bem como se passou a marginalizar em todos os sentidos o indivíduo em prol do coletivismo – que é uma abstração que só serve aos políticos e burocratas e sua sede insaciável de poder e controle sobre o cidadão, através da regulação de suas propriedades e livre escolha. A filosofia coletivista passou a impôr “função social” á propriedade, assaltando-lhe em tributos e quebrando-lhes a essência do pilar civilizatório que reconhecidamente é a propriedade para todo individuo racional.  

Graças á ausência dessa filosofia destrutiva na era liberal, o dia a dia das pessoas tinha por conseqüência a ausência também da superlativação dos políticos de hoje em suas vidas. Conseqüentemente, os indivíduos possuíam a ausência também da macabra superlativação do estado de hoje, - comandado por políticos e burocratas – e sua nefasta atuação sobre a propriedade, liberdade, e propriedade das pessoas, vinte e quatro horas por dia agredidas e empobrecidas pelos impostos. Foi tal o poder absurdo que passaram a ter os políticos, e sua nefasta atuação via estado sobre o cidadão, que se formou a lenda, em alguns países, que políticos podem fazer raios pararem e até boi voar...

Registre-se, que concomitante com a era do liberalismo econômico, coexistia a esplêndida era do conservadorismo. E a razão sempre ditou que o exemplo vem de cima – tanto para o bem como para o mal. No universo dos políticos e degradação, ilustrando muito bem isso em poucas palavras, Olavo de Carvalho fala em vídeo sobre a monarquia e D. Pedro II. E logo a seguir fala sobre essa monstruosa república e determinada figura demoníaca dela nascida. E esses megas desastres provocados pela superlativação da política e do estado populista nada mais são do que o insaciável apetite demagógico dos políticos para nivelar por leis e decretos indivíduos analfabetos e torpes á nobres e aristocratas, aumentando assim em dimensões cósmicas de degradação moral e imbecilidade a chamada condição humana no mundo.

Não se iluda: o que tem impedido não só o Brasil bem como a civilização de serem aprisionados e impiedosamente destruídos pela nefasta atuação dos maus políticos, inclusive abrindo de vez as suas próprias fronteiras civilizatórias aos bárbaros, deve-se á resistência da razão em boa parte das populações, e seu ainda forte poder moral, cristão, conservador, individualista, e ação pró-liberalismo, este, ainda que só nas suas conseqüências econômicas com o capitalismo.  

Logo, e finalizando a resposta, acredito sim, que nesse perfil explanado, o político tem que desaparecer. Se a médio, longo ou longuíssimo prazo, fica para a disposição de luta dos liberais, que inclui estudo permanente e trabalho árduo para auxiliar os intelectuais, políticos, e as massas a mudarem de mentalidade.


Ivan Lima é editor de Libertatum

Lula desafia o MPF, a PF e Sergio Moro. Flagra de CRIME eleitoral. Lindb...

URGENTE, URGENTÍSSIMO: LULA GANHOU UM PRÉDIO


Lula também é alvo da Omertà.

Segundo a Veja, "a nova etapa das investigações sobre o petrolão apura também supostos favorecimentos ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, por meio do Setor de Operações Estruturadas, considerado um departamento da propina da Odebrecht...

ver mais
Resultado de imagem para memes sobre lula na cadeia

SOCIEDADE

CARLA ZAMBELLI DENUNCIA FORO DE SÃO PAULO E CHAMA PARA O EVENTO

Resultado de imagem para robert nozick
A tributação dos lucros do trabalho é igual a trabalho forçado. Se aproveitar do frutos do trabalho de alguém equivale a se apoderar de suas horas e lhe ordenar a realização de várias atividades.
Robert Nozick (1938-2002) 

CASA CIVIL NA CADEIA


Além de Antonio Palocci, a PF prendeu também seus dois principais assessores na Casa Civil, Juscelino Dourado e Branislav Kontic.

Socialistas recebem aula sobre capitalismo e caem em contradição

Socialistas recebem aula sobre capitalismo e caem em contradição. -Curta nossa página no facebook: https://www.facebook.com/batmancadevc/ -Siga nosso Twitter: @ORetrogrado -Siga nosso Instagram: oretrogrado…
Continuar lendo

blog

UMA MULHER REALMENTE EMPODERADA


Sabem quem foi o maior igualitário do mundo? Samuel Colt. Pense só: não importa o tamanho do sujeito, sua força, sua técnica em artes marciais, nada disso. Basta um outro franzino, pequenino, fraquinho, puxar uma arma e pimba!, fim de papo. Isso não é igualdade? Isso não nivelou as pessoas? De fato, sua criação, o

Fique Sabendo

A REFORMA DO ENSINO MÉDIO. OU: ELES ODEIAM A LIBERDADE

(Publicado originalmente pelo Instituto Liberal)
Pindorama é um país sui generis. O povo daqui odeia a liberdade. O governo propõe uma lei que dá opções de escolha aos indivíduos e os inteligentinhos formadores de opinião, principalmente à esquerda, entram em parafuso. Como o governo vai abrir mão de impor sua vontade à patuleia? Gente, o povo é burro e precisa ser guiado pelos iluminados do governo. Deixar certas decisões na mão de gente despreparada será terrível.
E o pior é que muita gente compra esse discurso. Embora exista um certo consenso na opinião pública de que praticamente todos os serviços prestados pelos governos é ruim, ou pelo menos inferior aos oferecidos pela iniciativa privada, as pessoas continuam apostando na clarividência e na eficiência dos políticos e dos burocratas para solucionar todos os problemas.
Não por acaso, a educação tupiniquim está entre as piores do planeta. Duvida? Então faça o seguinte teste: hoje, 23 de setembro, entramos na primavera aqui no Hemisfério Sul. Peça aleatoriamente a um aluno do ensino médio público para te explicar o que significa isso e você provavelmente vai se assustar. A imensa maioria não saberá explicar que as diferentes inclinações do eixo de rotação da Terra mudam o ângulo de incidência dos raios solares a cada estação.

Lá nos idos anos 70 do século passado, eu tive o privilégio de estudar numa das melhores, senão a melhor escola privada do Rio, e, pasmem!, nunca tive aulas de arte, sociologia ou filosofia, nem no ensino fundamental, nem no médio. Em compensação, todos os meus colegas saíam da escola sabendo ler perfeitamente e com conhecimentos básicos de matemática e ciências, aptos inclusive a entender a lógica por trás de qualquer texto, por mais complexo e elaborado, inclusive dos grandes autores clássicos e dos filósofos mais difíceis.
Não adianta você mandar alguém que não consegue entender nem um romance de banca de jornal ler textos de Hegel, Nietzsche, Hume ou Aristóteles. É total perda de tempo. Aliás, o tempo (assim como a atenção) dos estudantes é um “insumo” escasso e, portanto, deveríamos tentar aproveitá-lo para ensinar muito bem o básico, a fim de que adquiram o ferramental mínimo para voos mais altos, inclusive nas áreas de filosofia e sociologia, economia, direito, etc.
É claro que reformar algo tão complexo não é tarefa fácil, nem jamais será um trabalho perfeito, mas pelo que pude entender, a proposta do governo vai no caminho certo e espero que não voltem atrás.
Finalmente, porém não menos importante, enquanto não conseguirmos tirar a ideologia das salas de aula, não iremos muito longe…
Fonte: Blog do Puggina
ggsUma série de documentos notáveis foram vazados pela Wikileaks recentemente. A “sociedade aberta” de George Soros (Open Society Policy Center), ao que parece, fez doações de 650 mil dólares a duas organizações religiosas ou “baseadas na fé”. Inicialmente, isso pode se assemelhar a uma conversão religiosa de Soros. Mas não é. Indo mais fundo, essa motivação filatrópica possui um motivo bem mais banal: a política.
No entanto, havia uma dimensão bastante interessante para as doações a esses dois grupos – “PICO” e “Fé na Vida Pública” (Faith in public life, FPL) - que, além de serem “baseadas na fé", gerenciam redes de ativistas “grass roots” (grass roots em inglês significa “pessoas separadas da elite” ou “gente comum”). Soros estava contribuindo para recrutar 10 mil voluntários, enquanto treinava outros 3.500 para uma mobilização, a fim de influenciar a Igreja Católica em 2015 durante a visita do Papa Francisco aos Estados Unidos.

"VULTUOSOS VALORES ILÍCITOS"


A nota da PF sobre a Omertà diz:
"Há indícios de que o ex-ministro (Antonio Palocci) atuou de forma direta a propiciar vantagens econômicas ao grupo empresarial (Odebrecht) nas mais diversas áreas de contratação com o Poder Público, tendo sido ele próprio e personagens de seu grupo político (PT) beneficiados com vultosos valores ilícitos.
As investigações apontam ainda que dentre as negociações estão tratativas entre o grupo Odebrecht e o ex-ministro para a tentativa de aprovação do projeto de lei de conversão da MP 460/2009, que resultaria em imensos benefícios fiscais, aumento da linha de crédito junto ao BNDES para país africano com a qual a empresa tinha relações comerciais (E Lula? E Franklin Martins?), além de interferência em licitações da Petrobras para aquisição de 21 navios sonda para exploração da camada pré-sal".

PALOCCI NO BNDES (E LULA?)


O mandado de prisão contra Antonio Palocci acusa-o de envolvimento em fraude para empréstimo do BNDES a um país africano.
A ordem partiu do comandante máximo?
Resultado de imagem para meme de lula na cadeia

URGENTE, URGENTÍSSIMO: PALOCCI PRESO


Antonio Palocci foi preso na 35° fase da Lava Jato...

ver mais
Resultado de imagem para meme de lula na cadeia

domingo, 25 de setembro de 2016

Avisem o Haddad


A ida de Lula a Fortaleza não fez com que Luzianne Lins, a candidata petista à prefeitura da capital cearense, deixasse o terceiro lugar nas pesquisas, com 16% das intenções dos votos.

Alguém avise o Haddad.

Todo domingo é dia de pedir...


... Lula na cadeia. O bandeirão de 80 metros é obra do grupo "Ativistas Independentes de Movimento". 

Está na Av. Paulista para quem quiser ver.

Prender Lula não é o suficiente



Embora como liberal eu defenda que a função do estado é a segurança - incluindo administração 
da JUSTIÇA, não a do "trabalho" - concordo plenamente. 

Na Grécia Clássica, os políticos eram totalmente responsáveis 
pelos seus atos perante a justiça e podiam até pagar com a 
pena de morte eventuais consequências desastrosas que pudessem
causar ao povo com suas leis ou decretos.  


Ivan Lima

Tire o cavalinho...


Na entrevista à Folha, Fernando Henrique diz que Henrique Meirelles não será o 'FHC de Temer', pois a crise econômica é muito mais grave e levará anos para ser superada.
"Não vejo que o governo tenha como tirar proveito dessa situação em dois anos. O desastre foi muito grande. Foram desmontados os pilares da economia."
Nisso, FHC tem razão.

 
 
   17

De novo, Renan?


Michel Temer e Rodrigo Maia disseram que a anistia do caixa dois seria engavetada, mas Renan Calheiros continua defendendo abertamente a proposta.

A corrupção no Brasil. Foi sempre assim?

Nem desenhando


Questionado sobre a apresentação da denúncia contra Lula, FHC disse à Folha o seguinte:
"O Ministério Público, ao tentar mostrar que o Lula era o responsável maior (do petrolão), obscureceu a outra questão, que é a mais importante: houve ou não crime de favorecimento pessoal?".
Deltan, querido, tem gente que não entende mesmo, nem desenhando com PowerPoint.