segunda-feira, 30 de setembro de 2013

Estado totalitário em marcha: juiz obriga pais a vacinar os filhos.

Por Klauber Cristofen Pires
Tendo lido amiúde da coluna de excelentes jornalistas e opinadores que a decisão majoritária do STF sobre a admissão dos embargos infringentes, com destaque para o voto de desempate do Ministro do STF Celso de Melo, constituiu-se em um extremado e arraigado senso de “garantismo”, ouso divergir e afirmar: trata-se de um perigoso engano, por mais involuntário que seja. Porém, vou pedir aos leitores para colocarmos este comentário em modo de espera, para voltarmos com ele lá no fim deste artigo.
Tenho a mais absoluta certeza que hoje em dia o povo brasileiro está tão embrutecido que vislumbro dele duas posições majoritárias: os que defenderão a decisão do juiz, e os que, embora não o defendam, não enxerguem neste fato nada assim tão digno de inconformismo.

domingo, 29 de setembro de 2013

terça-feira, 24 de setembro de 2013

TRÁFICO DE PESSOAS - Campanha Coração Azul (Brasil)

Ajudem Ivete Sangalo e a Campanha Coração Azul: Denunciem o tráfico de médicos escravos cubanos pelo governo de Dilma Roussef:

O fascismo em praça pública


pOR BENE BARBOSA | 24 SETEMBRO 2013 

mídia sem Máscara

O estado deve ser não apenas um criador de leis e instituições, mas um educador e provedor de vida espiritual. Deve ter como objetivo reformular não apenas a vida, mas o seu conteúdo – o homem, sua personalidade, sua fé.
A frase acima parece estar sendo adotada por muitos políticos no Brasil. A mais nova prova disso é a lei aprovada no Distrito Federal sobre a proibição da venda de armas de brinquedo, cuja concepção já bem revela o autoritarismo e a ingerência do Estado sobre a liberdade individual do cidadão. Pais, mães e responsáveis não poderão mais presentear seus rebentos com o brinquedo que lhes bem aprouver.

O JUMENTO DE GARANHUNS

Jacornélio M. Gonzaga (*)
          Como é de conhecimento “de quase todos”, a expressão "Cavalo de Troia" refere-se a um grande cavalo de madeira usado pelos gregos durante a Guerra de Troia, como um estratagema decisivo para a conquista da cidade fortificada. Tornou-se largamente empregada na cultura popular, sempre com o sentido de um artifício astuto, enganoso e perigoso, que possibilita a penetração dissimulada em território alheio.

QUEM SABE QUANDO COMEÇOU A GLOBALIZAÇÃO?

QUEM SABE QUANDO COMEÇOU A GLOBALIZAÇÃO?
(Um pouco de história da economia)

:: FRANCISCO VIANNA (com base em matéria publicada pela revista The Economist)

Segunda feira, 23 de setembro de 2013

A "globalização" tornou-se a palavra de ordem das duas últimas décadas. O súbito aumento na troca de conhecimento, de comércio, de capital humano e financeiro, em todo o mundo, impulsionados pela inovação tecnológica – da Internet aos contêineres dos navios – tudo junto acabou jogando o termo às luzes da ribalta. Virou moda falar em globalização e, mais até, a noção se tornou um parâmetro de análise macro e microeconômica.

Esquerdismo é desgraça mesmo no País Mais Rico do Mundo: Veja como o PT deles, o Partido Democrata destruiu Detroit – Michigan

Do blog Não deixe que um professor comunista adote seu filho


Detroit é um inferno em vida. A prefeitura trabalha contra a iniciativa privada, trabalha contra a busca do lucro: Deu no que deu:

A CIDADE DECRETOU FALÊNCIA TOTAL.  A maior falência da História Americana,.
Quase um milhão de pessoas, no maior êxodo urbano em tempos de paz, deixaram a cidade, deixaram o Paraíso Socialista:

A ESQUERDA AMERICANA FALIU DETROIT!
CIDADE FANTASMA:

Em Detroit continuam morando os que não trabalham (bolsa-família) que vivem às custas de quem trabalha no resto do País. E, é óbvio, votam no PT deles: O Partido Democrata;
A ajuda aos pobres deixou os empresários sem dinheiro pra gerar empregos.

Fwd: Padre Pio e "la Madonna" - padrepauloricardo.org


Padre Pio e "la Madonna"

Padre Pio e "la Madonna"

Santo Padre Pio

Não se poderia conhecer quem verdadeiramente é o Santo de Pietrelcina, se não se compreendesse o seu relacionamento especialíssimo com a Virgem Santíssima.

Ao longo de seus oitenta anos de vida, a devoção mariana, vivida como verdadeira "escravidão de amor", marcou todo o seu itinerário desde o seu alvorecer em Pietrelcina, à sombra da imagem na "Madonna della Libera", até o seu ocaso, sepultado como um soldado que empunha a sua "arma", como costumava chamar o santo rosário.

Neste dia de São Pio de Pietrelcina, queremos que sua voz realmente chegue aos quatro cantos da terra e convide todos os homens a conhecerem o amor especialíssimo que devemos ter pela Virgem Maria.

"La Madonna...è la Mamma nostra!" 

Assista ao vídeo


O “bunker” da indiferença

http://4.bp.blogspot.com/-daEw3xYxHK4/Uj54f9iBx7I/AAAAAAAAIEo/6HZShVdRH08/s320/Reflexo+Pavlov+2.jpg
Leo Daniele (*)

Quem não ouviu falar da famosíssima experiência de Pavlov?

Coloca-se açúcar diante de um cão imobilizado. Ele salivará. A seguir, associa-se a apresentação do açúcar ao som de uma buzina, e repete-se a operação várias vezes. O cachorro continua a salivar normalmente.  

sexta-feira, 20 de setembro de 2013

SBT PR - Comentário sobre o julgamento do Mensalão. O STF não pode parar...

A vida bem vivida

A vida bem vivida é aquela repleta de paixões, mas cada uma em sua época.

João Bosco Leal* 

Na página social de uma amiga de infância li algo que me chamou a atenção: "Sempre é preciso saber quando uma etapa chega ao final... Se insistirmos em permanecer nela mais do que o tempo necessário, perdemos a alegria e o sentido das outras etapas que precisamos viver. Encerrando ciclos, fechando portas, terminando capítulos. Não importa o nome dado, o que importa é deixar no passado os momentos da vida que já se acabaram".

quinta-feira, 19 de setembro de 2013

O mínimo sobre o mensalão

ESCRITO POR OLAVO DE CARVALHO | 19 SETEMBRO 2013 
ARTIGOS - GOVERNO DO PT


(Comentário completo de Olavo de Carvalho em 10 de outubro de 2012, transcrito por Felipe Moura Brasil.)


"Antes de tudo mais, tem uma coisa que eu quero dizer pra vocês: eu não estou compartilhando desse entusiasmo nacional pela punição dos mensaleiros. Eu não acho que isso foi uma grande vitória da democracia, eu não acho que isso foi um marco histórico, eu acho que isto é mais uma ilusão de uma classe média IDIOTA, que acha que pode combater esse esquema petista simplesmente aplicando a lei, ou seja: sem nenhuma tomada de posição ideológica, sem nenhuma análise estratégica, nem nada. Que acha que pode mover um combate contra uma força política tremenda usando apenas acusações criminais de corrupção contra os indivíduos. E por que é que eu acho isso?

QUEM NOS DEFENDE? Doc. 161 – 2013


Fazer a justiça esperar é uma injustiça. (Jean de La Bruyère)

        Dia negro. Assistimos ontem, 18 de set -2013, uma verdadeira tempestade no STF. Duas horas de palavras para defender o indefensável. Bastaria dizer que votaria a favor do EMBARGO INFRINGENTE e tudo estaria resolvido. Foi-se do Império (Visconde de São Vicente) aos mais brilhantes juízes da atualidade para afirmar que os bandidos importantes precisam ter o direito aos EMBARGOS INFRINGENTES, que já tinha sido defendido por cinco ministros, inclusive do Ministro Barroso que teve a nobreza de reconhecer que era mais um privilégio de alguns e a falta de justiça para os desprotegidos.

quarta-feira, 18 de setembro de 2013

O primeiro dia do resto das nossas vidas

Por Klauber Cristofen Pires

Meus caros leitores,

Aqui vai um texto curto. Nem merece ser chamado de texto ou artigo. É só uma constatação. Um embargo declaratório, para ficarmos com um pouco de riso em meio a tanta desgraça.

Nem pensem que o pior da aceitação dos embargos infringentes- um recurso que jamais antes foi usado desde a promulgação da Constituição Federal de 1988 - será a frustração dos cidadãos de bem e o descrédito geral para com a justiça. Isto certamente acontecerá, e nosso país amargará com a anomia consequente. Mas ainda assim, isto não será o bastante.

O que o dia de hoje nos traz de marcante é a confirmação do PT de que todos os ajustes feitos no STF enfim, surtiram efeito. Hoje foi o dia do test-drive do novo Supremo Tribunal Revolucionário. 

Isto já era para ter acontecido, não fosse por alguns juízes escolhidos que nem sequer eram conservadores - eram tão petistas quanto quem os indicou, mas petistas independentes, ou que assim se acham. Agora, o PT tem à sua disposição uma nova composição, fiel e obediente, que vai lá e mostra serviço, sem  meios pudores de parecer isenta aos olhos da nação. 

Com o Congresso nas mãos há tempos e agora com o STF sob rédea curta, isto significa que o PT irá pisar fundo no acelerador rumo às reformas que conduzirão nosso país a um regime definitivamente socialista, tal como aconteceu com a infeliz Venezuela. 

Prevejo como primeira medida a implantação da censura e de um forte serviço de espionagem dos cidadãos. Isto tem sido persistentemente tentado desde as chamadas conferências que o PT sobre direitos humanos que desembocaram no PNDH-3. 

Com efeito, o caso Snowden-Greenwald abriu o pretexto que o PT queria para controlar a internet, e o sinal claro de tal movimento são as declarações da presidente Dilma Roussef de que o governo há de desenvolver uma internet brasileira, o que poderá nos colocar em um ambiente de rede fechado como o que existe hoje na China. Sob pretexto de nos proteger da fictícia espionagem americana, o governo do PT porá em ação a sua própria, muito mais cruel e implacável. 

A seguir, o caminho estará plenamente livre e desimpedido para a derrogação da propriedade privada, para a coletivização de todas as atividades sociais - a religião, as associações civis tais como a APAE e até mesmo qualquer clube. Enfim, o estado petista estará a comandar - completamente - os atos da vida privada. 

Apostem, se quiserem! 

Eu peço desculpas a vocês pelo que eu poderia ter feito e não fiz, por ignorância, medo, preguiça, ou incompetência. 

18 de setembro de 2013: O Dia da Infâmia para a justiça, as instituições e para os cidadãos honestos

Do blog do Reinaldo Azevedo

Celso de Mello diz “sim” aos embargos infringentes e abre as portas, a despeito de suas intenções, para vale-tudo. É um voto desastroso!

terça-feira, 17 de setembro de 2013

Por que o embargo infringente é inconstitucional e o que pode acarretar se for acolhido na AP 470


Klauber Cristofen Pires   

Escrevo este artigo às vésperas de um dia muito importante, isto é, o da conclusão do julgamento dos chamados embargos infringentes pelo STF, que poderá, enfim, depois de um longo e tenebroso inverno, mandar os réus do mensalão cumprirem suas respectivas penas na cadeia ou ao contrário, servir como marco definitivo da consolidação de mais um regime socialista bolivariano e mais uma colônia de Cuba.

Fwd: A luta contra a tentação - padrepauloricardo.org


A luta contra a tentação

A luta contra a tentação

Curso de Demonologia

Padre Paulo Ricardo apresenta as três fases de toda tentação diabólica e o método ensinado pela Igreja para combatê-las. Nesta batalha, os anjos e a Virgem Maria são os grandes aliados do homem. Assista à aula


Reverter a entrega

Adriano Benayon * - 12.09.2013

Continuam entregando tudo. Quando se dará mais importância à realidade que ao discurso?  Que se pode fazer para reverter o presente curso de destruição do Brasil? Certamente, não é coisa convencional.

Bomba! Escritório do Ministro “novato” do STF recebeu dispensa de licitação de R$ 2 Milhões do Governo Federal

Do Portal i9



Não é só Dias Toffoli quem vem mantendo relações questionáveis com instituições que necessitam de seu julgamento em Brasília. O alerta foi feito pelo perfil @arykara no Twitter :



A cronologia dos eventos levanta suspeitas a respeito da independência do ministro Barroso :


  • 20 de junho de 2013. Luis Roberto Barroso inicia seus trabalhos junto ao STF.


  • 12 de agosto de 2013. Escritório ligado ao nome do ministro é beneficiado pela União com inexigibilidade de licitação num valor que ultrapassa os 2 milhões de reais.
  •  11 de setembro de 2013. Luis Roberto Barroso vota pela reabertura do julgamento do mensalão, voto este que pode ser decisivo para livrar da cadeia alguns mensaleiros ligados ao governo.
  •  Ontem, durante voto do ministro Marco Aurélio Mello, Barroso pediu a palavra para defender a suposta independência que possuía : Parece irrelevante a opinião pública, e fico muito feliz quando uma decisão do tribunal constitucional coincide com a opinião pública, mas se o que considero certo não bate com a opinião pública, eu cumpro meu papel. A multidão quer o fim desse julgamento, e eu também. Mas nós não julgamos para a multidão, nós julgamos pessoas. [...] Não estou aqui subordinado à multidão. Não tenho o monopólio da certeza, mas tenho o monopólio íntimo de fazer o que acho certo.

O PARAFUSO NA DOBRADIÇA doc. 52 – 2013



"é preferível um inimigo instruído a um amigo ignorante, pois não há nada pior do que um ignorante"). La Fontaine

        O Grupo Guararapes tem batido, tem escrito, tem pregado e tem mostrado que o nosso maior problema é a mediocridade e a falta do cumprimento do dever.

domingo, 15 de setembro de 2013

STF – O Bastião tem muitos Barrosos

Sarides Freitas

É formidável o número de defensores dos mal feitos praticados pela numerosa quadrilha do PT. Quem defende ladrão pode não ser ladrão, mas sua índole é marginal. Existem centenas de milhares de indivíduos, (onde “indivíduo”, não pode significar “cidadão”, e onde cidadão é aquele que atende os preceitos mínimos de cidadania), país afora, que não só defendem os perniciosos quadrilheiros, como os veneram, idolatram. Juram de pés juntos que são inocentes. Vão além; ataca de forma agressiva quem não esposa suas cumplicidades à conspiração deletéria à democracia. Sim! Comprar consciências de parlamentares é conspurcar a democracia. A cumplicidade destes indivíduos é de cunho ideológico, onde reina, “os fins justificam os meios”. Para este rebanho de alienados não há limite para a ilegalidade. O ilegal só é crime, se praticado pelos adversários; neste caso, se arvoram em insanos carrascos, legítimos verdugos. A quadrilha que foi condenada no Supremo Tribunal Federal por vários crimes, continua atuando, praticando atos lesivos ao País e ao povo, nunca abandonou o plano de se perpetuar no poder.

MENSALÃO, STF E SENSO DE JUSTIÇA Percival Puggina

 Percival Puggina

Comentário de Klauber Cristofen Pires: Congratulo o autor por ter escrito com tamanha propriedade: os garotos de recado pegaram penas muito mais severas do que os chefões. Só isto já é uma grave desmoralização do STF. 

Após o encerramento da sessão do STF desta quarta-feira, José Dirceu, João Paulo Cunha e Delúbio Soares devem ter posto na geladeira as garrafas de champanhe para a festa da semana que vem, após a leitura do mais provável voto do ministro Celso de Mello. Salvo surpresas, as rolhas espocarão. Enquanto isso, tive a infeliz ideia de examinar as penas aplicadas aos réus na primeira fase do processo do Mensalão.

sexta-feira, 13 de setembro de 2013

Fwd: O Filho Pródigo - padrepauloricardo.org


O Filho Pródigo

O Filho Pródigo

Testemunho de Fé

Neste 24º Domingo do Tempo Comum a Igreja recorda as parábolas da misericórdia. O Evangelho de São Lucas narra a famosa passagem do filho pródigo. Os fariseus estão escandalizados com a benevolência de Jesus em relação aos pecadores. Cristo, para ilustrar a bondosa paternidade de Deus, decide então contar-lhes a história do filho que abandona o pai, arrenpende-se tempo depois e retorna em busca do perdão.

A leitura reflete a generosidade divina. Deus é misericordioso e providente. Não abandona a sua criatura à própria sorte, mesmo tendo ela pecado. Há uma iniciativa de Deus no processo de conversão. Mas ela precisa ser correspondida. A parábola do filho pródigo vem justamente ensinar o homem a desvencilhar-se do egoísmo, para que, livremente, corresponda ao chamado de Deus. Escute a pregação


como menor conseguiu autorização para praticar tiro esportivo

Fidelidade a quem?


Ernesto Caruso, 13/09/2013

       À nação que tem abominado a corrupção como cultura política, administrativa, nas relações espúrias entre os fiscais públicos e cidadãos ou  ao poder de plantão e nomeante do nobre cargo de gente com notório saber jurídico e ilibada reputação?

O VISTO - 1ª edição do jornal dos alunos de Relações Internacionais da UFSC: Recomendo a todos lerem

Prezados leitores,

Tenho a satisfação de divulgar o jornal O Visto, produzido pelos alunos do curso de Relações Internacionais da Universidade de Santa Catarina. 

Além da honra que foi-me concedida por terem publicado um artigo de minha autoria, "O que os bons políticos querem, pgs. 5 e 6", o periódico, que terá edições mensais, possui outros textos de alto nível, pelo que recomendo a todas as pessoas, inclusive para os estudantes das áreas afins. 

Esta iniciativa enche-me de esperança, pelos alunos sérios que vão gerar líderes comprometidos com a honestidade, com a alta cultura e com o bom profissionalismo. 

O Brasil é o melhor país do mundo. Nós só precisamos começar a fazer as coisas certas.

O jornal está lançado na Livraria Virtual do LIBERTATUM. 

Por que o estado cresce e o que podemos fazer quanto a isso

esmagado.jpg
Apesar de toda a retórica adotada unanimemente por políticos de que "irão trabalhar para um estado mais eficiente" e reduzir o fardo estatal de sobre nossas carteiras, o leviatã a cada dia vai se tornando incontrolavelmente mais opressivo e mais dispendioso.  E essa é uma tendência mundial.

A restauração da escravidão no Brasil e a destruição da liberdade civil e política


Por Leonardo Bruno Fonseca de OIiveira

No dia 13 de maio de 1888, a Princesa Isabel de Bragança, de gloriosa memória, assinou a Lei Áurea, com dois simples artigos, abolindo a mancha do escravismo do Brasil. Era extinta a escravidão no Brasil. Revogavam-se as disposições em contrário. Essa data, na minha época de adolescente, era comemorada com festa, pois foi uma dos dias mais populares do país. Os negros ganharam o status de iguais, de cidadãos brasileiros.

Meus sonhos


 Mas não desisto, sou movido por sonhos e não por lamentos.

João Bosco Leal*

quinta-feira, 12 de setembro de 2013

Fwd: Sorria, você está sendo assaltado pelos ditadores Castro!


Projeto "Mais Médicos": sorria, você está sendo assaltado pelos ditadores Castro!

Graça Salgueiro


Muitos de nós ainda não conseguimos digerir a entrada de 400 "médicos" cubanos no Brasil, uma vez que ninguém, absolutamente ninguém foi consultado para opinar se apoiava esta derrama: nem a sociedade, nem o Congresso Nacional, nem as associações médicas, nem mesmo aqueles a quem o Governo diz querer "assistir". E eles serão 4.000 no total.

quarta-feira, 11 de setembro de 2013

O fim da inocência da ONU

Félix Maier
Vários textos foram escritos para lembrar os 10 anos sem o diplomata brasileiro Sérgio Vieira de Mello, que faleceu no dia 19 de agosto de 2003, junto com mais 21 funcionários da ONU, após explosão da sede da entidade que ele comandava em Bagdá.
Vieira de Mello havia realizado trabalhos importantes na Organização, como as atividades para imposição da paz nos Bálcãs e no Timor Leste. Por isso, seu nome era certo para ser aclamado futuro secretário-geral da ONU.
No dia 25 de agosto de 2013, o Ph.D. José Flávio Sombra Saraiva, professor da Universidade de Brasília (UnB), escreveu para o Correio Braziliense um texto sobre Vieira de Mello, cujo título é “O dia do fim da inocência da ONU”. Chamou minha atenção a palavra “inocência”, justamente na semana em que eu estava lendo o livro de Robert Fisk, A grande guerra pela civilização - A conquista do Oriente Médio, um calhamaço de 1495 pág. lançado pela Planeta em 2007. E o livro de Fisk, um veterano correspondente de guerra, que chegou a entrevistar Osama bin Laden, apresenta fatos envolvendo a ONU que não são nada inocentes.
Refiro-me às sanções feitas pela Organização ao Iraque após a I Guerra do Golfo (1991), conduzida pelos EUA e aliados, quando centenas de milhares de crianças e adultos morreram por inanição e por falta de medicamentos - um verdadeiro crime contra a humanidade.

Trabalho escravo cubano: objetivo dos progressistas alcançado

médico algemando Trabalho escravo cubano: objetivo dos progressistas alcançado

Do Implicante

As esquisitices que os médicos cubanos sofrerão não são acidentes no planejamento progressista: o trabalho escravo é seu objetivo inescapável.

A palavra mais odienta a ser pronunciada no país ainda é “capitalismo”. Este sistema de iniciativa privada, sem controle estatal da economia, foi o sistema que mais enriqueceu os pobres – naanálise de Thomas Sowell, se um americano hoje nasce entre os 20% mais pobres, ele tem mais chances de terminar a vida entre os 20% mais ricos do que continuar entre os mais pobres. Todavia, sempre que for citado, deve ser “admitido” a contragosto, como alguém espiando a esposa do amigo: “é, o capitalismo até deu uma vencida no comuno-fascismo, sim…”

Os mistérios do 11 de setembro "porque a versão oficial não pode ser verdadeira"


Por Dr. David Ray Griffin

Em The New Pearl Harbor: Disturbing Questions about the Bush Administration and 9/11 (2004), sumariei dúzias de factos e relatórios que lançam dúvidas sobre a estória oficial acerca do 11/Set. A seguir, em The 9/11 Commission Report: Omissions and Distortions (2005a), discuti o modo como estes vários factos e relatórios foram tratados pela Comissão do 11/Set, nomeadamente através da distorção ou simplesmente da sua omissão. Também adoptei a abordagem do grande quadro geral, com acumulação de argumentos, nos meus ensaios e palestras anteriores sobre o 11/Set (Griffin, 2005b e 2005d). [1] Esta abordagem, que mostra serem problemáticos todos os aspectos da estória oficial, proporciona o mais efectivo desafio à mesma.

Mas este modo de apresentar a evidência tem uma grande limitação, especialmente quando utilizado em palestras e ensaios. Significa que o tratamento de toda questão particular deve ser bastante breve, portanto superficial. Com isso as pessoas podem ser levadas a suspeitar que um tratamento mais completo de qualquer questão particular poderia mostrar, afinal de contas, ser plausível a estória oficial.

Neste ensaio, vou concentrar-me numa questão: porque as Twin Towers e o edifício 7 do World Trade Center entraram em colapso. Uma vantagem desta concentração, além do facto de permitir entrar em consideráveis pormenores, é que a destruição do World Trade Center proporciona-nos uma das melhores janelas para a verdade acerca do 11/Set. Uma outra vantagem desta focalização é que nos permitirá olhar para as revelações contidas nas histórias orais do 11/Set, as quais foram registadas pelo New York Fire Department logo após o 11/Set mas divulgadas para o público só em Agosto de 2005.

Começarei com a questão de porque as Twin Towers entraram em colapso, a seguir levantarei a mesma questão acerca do edifício 7. 




Under Creative Commons License: Attribution Non-Commercial
Follow us: @nosdiasdenoe on Twitter | nosdiasdenoe on Facebook

Debate sobre o estatudo do desarmamento na TV Câmara


Boletim da Campanha Pela Legítima Defesa
www.pelalegitimadefesa.org.br
KLAUBER CRISTOFEN PIRES
11-09-2013
Prezado participante da Pela Legítima Defesa 
Debate sobre o estatudo do desarmamento na TV Câmara
Nesta próxima sexta-feira, 13/09, às 18 horas ocorrerá um debate sobre o draconiano estatuto do desarmamento na TV Câmara, na Rádio Câmara e no portal Câmara Notícias, no programa Participação Popular.
Participe pelo telefone 0800-619-619, pelo e-mail 
participacaopopular@camara.leg.br ou pelo Twitter, escrevendo no corpo da sua mensagem o nome de usuário @participacaopop
Leia em nosso blog tudo sobre este debate:
http://pelalegitimadefesa.org.br/nblog/?p=1230
e ainda, compartilhe a matéria de nosso Facebook
https://www.facebook.com/legitimadefesa10
Saudações.
José Luiz de Sanctis
Coord. Nacional

terça-feira, 10 de setembro de 2013

Arapongagem: canina ou digital?

Hamilton Bonat

Com comentário de Félix Maier

“Diga ao seu comandante que, na hora que eu quiser, posso saber onde se encontra cada um dos generais do seu exército. Consigo identificar, até, quantas estrelas eles portam nos ombros”. Essa declaração, aparentemente atual, é de 1991. Poderia ter sido pronunciada em Washington/DC, mas eu, na época tenente-coronel, estava ouvindo-a em Moscou. E quem falava não era alguém da Agência de Segurança Nacional (NSA, em inglês) americana, mas o general russo encarregado do comércio exterior de material de defesa, que ainda acrescentaria: “Estamos oferecendo este serviço ao Brasil”.